05 fevereiro 2012

Fantoches



O sangue inocente está em meu rosto
A guerra em minhas mãos
A paz é uma guerra mascarada
O conto de fadas se desfez
E o “era uma vez” nunca existiu
Morrem antes de o coração parar de pulsar
Coração frio é apelido para mente perigosa
Se tudo se refizesse, todos seriam apenas fantoches de uma história mal contada de um escritor infeliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar. Só não vale deixar a santa e boa Ética de lado. Obrigada!