05 dezembro 2012

Medo

Você tenta se manter longe, teu coração começa a acelerar, você simplesmente sente medo.
Medo de se aproximar, medo de encarar, levanta menina, levanta de onde estás e encara teu medo de pertinho. Olha no fundo dos olhos dele e diga que não sente mais medo. 
Calma menina, eu vou te deixar fazer isso. Alegre-se então, estou bem aqui esperando voce vencer esse medo, continuarei aqui. E se quiseres desistir também estarei aqui, mas insitindo para que continues. Quero ver você com ele na mão.
Quero ver o teu sorriso de felicidade por ter teu maior medo entre teus dedos, terás dominado o teu pavor. Estarei orgulhosa contemplando tua vitória, mas se tu largares ele e começares a gritar em um escândalo eu irei rir muito. Talvez até filmar e te mostrar depois para voce ver onde precisa melhorar, em que parte precisa de mais coragem e onde precisa do meu apoio.
Estou aqui do outro lado, mas torcendo demais para que vocÊ vença teu medo de calangos.
Voce vai ver o quão inofensivos eles serão ao te conhecer. 
O maior perigo é na mente. 
Vamos brincar com os calangos?

Ser dependente


Você ama poder ter a pessoa querida por perto, ama o cheiro do perfume que ela tras consigo.
E simplesmente ama está ao lado, sem fazer nada ou salvando o dia de alguém.
Nao importa o que vão fazer, mas voce precisa da presença, pois voce é um dependente. 
E a unica cura é a presença da pessoa. 
E assim continua os sms, as ligações, as marcações no facebook, os e-mails.
E o que voce sente é tão unico que voce só sente quando está com a pessoa. 
E para sentir de novo tem que esta  perto de novo, pois voce não sabe descrever a emoção que é está perto de quem se gosta.
E só se cura essa ausência com a presença. Somente assim podemos sentir pela milesima vez a mesma coisa.
E o unico inimigo nesse momento é o tempo. 

20 novembro 2012

Imaginando


Imaginando um mundo debaixo de um céu
Um céu que pode ser considerado além " de céu"
Paro para pensar hoje, nem sei se haverá amanhã
Muitos menos as pessoas
Ou se elas ainda serão da mesma forma.
Apenas um mundo.
E o vazio que as pessoas sentem.
Como serão preenchidos.
A longa jornada em busca da auto aceitação continua
O sonho que está longe, mas é único.
E a cada passo parece que se torna mais longo
O lugar que temos que chegar parece ser mais difícil que é.
Então todos cantarão * Apenas uma vida para ser feliz.


13 novembro 2012

7 corvos na praia





O único e intenso desejo dele era morrer, apenas não existir, o coração dele estava povoado de nada, nada que o satisfizesse nada que melhoraria o vazio que sentia. Ele não amava a mulher que tinha, queria distância dos dois filhos, os únicos que ele sabia que amava. Ele não tinha nada no coração, só o desejo de está em outro lugar com outras pessoas. A cada dia a frieza se apropriava dele, nada de compaixão, nada de afeto. Ele era apenas nome.
A mulher, todavia além de iluminar a casa com sua belezasempre foi extremamente amorosa,  ele sente que o dever dele é retribuir e amá-la, mas ele não consegue amar. Simplesmente não consegue olhar para mulher e sentir o desejo de está só e apenas com ela. Ele quer o mundo, quer tudo, quer ir aonde todos foram e onde ninguém foi. Ele não sabe nem o caminho do próprio coração.
Sentado no imenso nada, ele observa as ondas que vão e voltam o vento que apenas vai, o céu que nunca vai, sabendo quem ele é. Ele tenta sentir algo, tenta se importar, ele só sente culpa por ser assim, raiva por não oferecer a mulher o que ela merecia e rancor por ser o pai que era. Ele não sentia absolutamente nada além de pena e raiva de si próprio. Jogava pedrinhas na água que ia e vinha em sua direção, olhava além do limite e imaginava momentos ilusórios. Sua mente era brilhante carregada de ideias e projetos.
Sete corvos estavam a margem do mar, todos sete imóveis lado a lado um do outro , em completo silêncio observavam o horizonte distante, era uma paisagem exuberante, chegava a ser estranho todos aqueles pássaros olhando para o infinito, de pouco a pouco o ponto preto começou a se destacar. Em poucos segundos o ponto preto era mais um corvo se aproximando da margem, ele voava mais devagar que o normal, sua inclinação estava diferente dos voos normais.


Ele pousou perto dos sete, virou lentamente e de repente caiu. Caído na praia os sete corvos ficaram em volta dele, um dos corvos batia com o bico e arrastava a pequena ave caída, era transparente o sofrimento dos sete corvos, eles estavam sentindo a dor de perder alguém, era evidente que eles sentiam algo. Era evidente que uma ave tinha mais sentimento que aquela pedra de gelo feito de carne e osso. Era notável que a ave sentia mais que o homem. A ave não era apenas a carcaça de um nome.

11 novembro 2012

Ninguem nunca imagina
Imagina que a mentira possa vir dos lábios de quem mais confias
Não dá para imaginar que o mundo inteiro possa vir abaixo por causa de certas palavras.
O engano pode ser unico, pode ter sido um deslize de caratér, mas é sempre dolorido.
O coração se despedaça, e cada dia que passa nosso senso auto critico se torna mais frio.
Vai endurecendo o que tanto ficou machucado. E de pouco a pouco a pessoa muda.










 

10 novembro 2012

....


Quem somos depende de quem fomos (…) quem pensamos que fomos depende de quem pensamos ser". - Peter Burke

02 novembro 2012

Eu sou mulher, mas ainda tenho medo de olhar debaixo na cama.. Medo de bichos horripilantes saindo do acaso.

31 outubro 2012

Apenas sumiu

Nem se despediu apenas saiu da minha vida, como se nao fosse fazer falta.
Como se eu nao fosse lembrar dele, dos momentos que vivemos.
O pior é que eu sei que a insistência foi toda dele, foi ele que queria me conhecer.
Confesso que temi iniciar, parece que eu já previa onde me levaria.
Tentei me manter asfatada, mas ele veio e me cativou
Nao sei como e quando ele começou a pensar em desistir de tudo.
Talvez ele me esqueceu rápido, ou talvez ele ainda goste de mim.
Acredito no regresso, mas isso não me faz diferente.
Se ele terminou tinha um motivo para fazer isso, e mesmo
que ele queira voltar, nao haverá uma volta para nós.
Só tem uma coisa maior que meu amor por ele
É maior, mas não é melhor que o amor.
Tampouco é algo bom.
A unica coisa que me faz ficar distante
Meu Orgulho.

( Olivia em seu desabafo)

30 outubro 2012

Um tipo de loucura

Se parar para pensar é complicado. 
Complicado depositar muita confiança, por que fazer a felicidade depender apenas de alguem? E quando esse alguem se vai? Seremos infelizes para sempre?
O caminho cada um deve seguir o seu, que desastre será ao saber que o caminho da pessoa que mais amamos é bem distante do nosso próprio caminho. Fazer o que? Um esforço para conciliar os dois caminhos? 
Eu já percebi como os apaixonados sao distraídos, muitos acreditam que sempre podem dá um jeitinho em cima da hora.. Nada de se preocupar com mensalão, com planejamentos que outrora nao nos pertence. Pois o apaixonado vê seu mundo girando em torno de uma unica pessoa. 
É por isso que chamam a paixao de uma eterna loucura. 


16 outubro 2012

A vitima



A brisa carrega o peso da culpa
A culpa que ninguém suspeita
O sorriso que esconde os erros
É o mesmo que trava a alegria

A melodia inacabada
Que seria uma homenagem
Um único sopro de vida
E o congestionamento universal

As compras ainda em cima da mesa
Deixam tudo aparentemente normal
Se as árvores estivessem em outro lugar
Talvez fosse sinônimo de vida
Entretanto é igual à culpa, erro e remorso.

A chuva é as lagrimas dos anjos
O vento é a brincadeira de cola cola da culpa e da inocência.
E eu só queria ser a vitima.

Anhy Menires