28 julho 2011

Eu não pedi


Eu não pedi para me apaixonar. Não tenho culpa se meu coração acelera quando te vê.
Sou o que sou. Não posso mudar para agradar. Eu aprendi a te amar do jeito   que você é, e da forma que sou. Eu não pedi para derramar lagrimas quando você não age legal comigo.
Até o fim, eu existirei, voarei ao meu limite, te amarei.
Pedirei perdão se for necessário. Eu não quero culpar ninguém. Em Um sentimento não existe culpa, apenas vitimas. Vitimasque morrem vivendo. Uma gota de água em nossas vidas. Uma lagrima em meus olhos. Uma mão estendia, apenas te esperando.
Eu não pedi pra nascer, não pedi pra te amar. Se fosse minha escolha pediria pra mandar no meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar. Só não vale deixar a santa e boa Ética de lado. Obrigada!